terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Gracia de Chile Reserva Pinot Noir 2009

Não é que é verdade! Nas minhas buscas e leituras sobre vinhos na internet, acabei encontrando uma matéria do Marcos Pivetta no site http://www.jornaldovinho.com.br, que tanto quanto eu realiza buscas de vinhos bons e baratos. Da última vez, segui uma indicação que não resultou numa experiência muito agradável para mim, tanto na indicação(Casa Patronales) quanto na escolha pessoal de um Pinot Noir em conta que não fosse caro (em breve), mas eu estava em busca de um PN que fosse interessante pois as boas escolhas que temos no mercado não são muito em conta.

Vamos ao vinho, na taça logo se vê uma transparência acentuada mostrando não ser daqueles concentradões, cor vermelho cereja claro, no nariz o álcool não incomoda no início e não sei se é o calor que anda fazendo ultimamente mas logo de início já apresenta muita fruta e quase nada de madeira, o que se confirma no paladar revelando a cereja como fruto principal.

É um vinho pro dia a dia mesmo, sem complexidade e que não entrega muito, logo de início já se mostra e se mantém inalterado até o fim, bom pra beber acompanhado, pois se beber a garrafa inteira se torna enjoativo na minha opnião.

Essa experiência me dispertou a curiosidade de experimentar os outros varietais dessa vinícola, a qual descobri no site que produz vinhos orgânicos.

http://www.gracia.cl

Saúde!

6 comentários:

  1. Silas Sequetin
    sequetin.blogspot.com
    sasequetin@uol.com.br
    Enviado em 07/12/2010 às 9:34 pm

    Baruki, como vai?
    Vim ver seu comentário sobre esse vinho, estão bem parecidos por sinal!
    Precisamos lembrar sempre, até escrevo no post, que se trata de um vinho de vintão ($), jamais dará para comparar com um Borgonha que custa no mínimo 4 vezes mais. Se não ponderarmos isso, será necessário termos muito dinheiro no bolso para pagar os vinhos bons e caros!!!…rs
    Abraço
    Silas
    Vinhos Bons e Baratos!

    ResponderExcluir
  2. Silas Sequetin
    sequetin.blogspot.com
    sasequetin@uol.com.br
    Enviado em 07/12/2010 às 9:35 pm
    Ah! Parabéns pelo blog, tem personalidade própria nos comentários, isso é difícil de encontrar hoje em dia!
    Abraço
    Silas

    ResponderExcluir
  3. Abri uma garrafa deste vinho no sábado passado e tive essas mesmas impressões. O ponto positivo é que tem poucas opções da pinot noir nessa faixa de preço, e o vinho mesmo não sendo uma maravilha é bem agradável junto da refeição. O wal mart aqui em Vitória está com um preço bem razoável pra ele (15), então experimentei todas as castas disponíveis. O shiraz foi o que mais gostei, longo com notas de especiarias e apresentou boa mudança durante a decantação.

    ResponderExcluir
  4. comprei um cabernet deste, e minha experiência foi de uma única taça seguida de uma imensa dor de cabeça no outro dia. Assustei pelo efeito e quis saber mais sobre a vinícola.

    ResponderExcluir
  5. Olá CONS AUDIO,

    Fico feliz de ter tido boas impressões sobre o vinho, significa que não sou o único e que a opnião da maioria está bem pertinente ao que o vinho realmente entrega.

    Boa sorte no mundo de Bacco!

    Abraço,

    Raphael Baruki.

    ResponderExcluir
  6. Olá Carlos Magno,

    Uma pena sua experiência não ter sido tão boa. Geralmente os vinhos de baixo custo são resultantes de processos de vinificação bastante industrializadas, rápidos e sem muitos cuidados no que tange qualidade e padronização, pois são produzidos em larga escala, acho que por isso o desafio de encontrar um vinho bom e barato é meio que padrão na maioria dos blogs que leio.

    Acho que você não devia estar em um dia bom para beber, eu tenho disso, e junto a alguns outros fatores o vinho não caiu bem, mas esquece ele rs. Já experimentou o PN? Se sim, o que achou? Se não, sugiro partir para os vinhos de valor x qualidade maior, onde R$ 30,00 já abre um leque enorme de possibilidades! Boa sorte!

    Abraços,

    Raphael Baruki.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...